Como aumentar as vendas para o público infantil com marketing digital

0

De acordo com uma pesquisa realizada em 2017 pela Viacom, as crianças brasileiras que possuem entre 2 e 5 anos passam cerca de 50% mais tempo na Internet do que a média internacional. 

Ou seja, as crianças brasileiras passam mais tempo navegando na Internet do que outras. E, com isto, consomem mais conteúdo online, seja no Youtube ou em outras plataformas que, atualmente, já oferecem conteúdo infantil.

Por isso, e também pelas inúmeras restrições as quais são submetidas o marketing televisivo direcionado ao público infantil, diversas marcas têm investido na publicidade digital. 

Desta forma, começa-se a questionar qual a melhor forma de realizar o marketing digital para aumentar as vendas direcionadas às crianças. Ainda assim, obedecendo certas restrições que são feitas quanto à publicidade que tem os infantes como público-alvo. 

O objetivo principal das marcas, obviamente, é o crescimento das vendas, mas, ainda em ambiente digital, o marketing digital deve ser feito de forma cuidadosa.

Portanto, confira abaixo como é possível incentivar o crescimento de suas vendas utilizando o marketing digital, a forma de publicidade mais popular atualmente.

Aumentando as vendas para crianças como o marketing digital

Produza publicidades éticas e legais

No que se trata do ambiente digital, muitas das empresas pensam que não se aplicam as mesmas regras que comumente são utilizadas em outros veículos de comunicação, como a televisão. Porém, isto não é verdade.

Sabe-se que, para as propagandas televisivas voltadas ao público infantil, devem ser tomadas diversas precauções. Por exemplo, não pode-se ter o apelo imperativo de consumo, empregando palavras como “compre” ou “peça”. 

Também, não é permitido o vínculo de imagem de crianças à propagandas , elementos do universo infantil ou outros artifícios para convencer o uso do produto do serviço.

Portanto, não se esqueça destas regras relativas à publicidade para o público infantil, que podem ser encontradas no Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária, Código de Defesa do Consumidor, etc. 

Quando a empresa possui uma ação publicitária ética e legal, ela ganha credibilidade com o seu consumidor. Desta forma, preze por elaborar o marketing para criança que priorize a segurança e as boas maneiras.

Utilize as redes sociais e plataformas

Atualmente, as crianças possuem acesso tanto às redes sociais quanto as plataformas. Segundo dados divulgados pelo AppGuardian, crianças e adolescentes de 5 a 15 anos passam cerca de 47 horas no YouTube Kids e Youtube Go. 

Algumas até mesmo têm perfis no Instagram, Twitter ou Facebook. Por isso, invista em propagandas que irão aparecer nestes locais. E, sempre respeitando todas as regras referentes à publicidade infantil.

O Instagram, por exemplo, possui a ferramenta de impulsionar um post, para que mais pessoas o veja. E, comumente, estes “anúncios” são seccionados, de acordo com o público que deseja-se atingir. 

Desta forma, é uma maneira mais eficiente de atingir o seu alvo. É importante mencionar que a mensagem deve ser sempre dirigida aos pais ou responsáveis, e nunca às crianças.

Sinalize o seu anúncio

No mundo digital, nem sempre é possível que o consumidor identifique o anúncio como tal, caso ele não possua uma sinalização. Portanto, sempre o faça, utilizando legendas ou mesmo as chamadas hashtags. Pode-se utilizar hashtags como #publicidade #patrocinado #publipost #publi, dentre outras. E, pode-se incluir até mesmo o nome da marca. Esta sinalização deve acompanhar fotos, vídeos ou textos nas redes sociais.

Qual a importância da sinalização do anúncio, muitos se perguntam. Apesar de parecer algo simples, isto é imprescindível, pois traz mais credibilidade a empresa e torna-a conhecida. Muitos consumidores se sentem ofendidos, caso tenham acesso a uma publicidade e ela não esteja indicada. Isto ocorre muito, atualmente, com o crescente uso dos influenciadores para ações de marketing.

É interessante mencionar também que, para aumentar as vendas da loja de brinquedos online, deve-se contratar influenciadores que possuam filhos.

Abra um canal adicional

Sempre disponibilize ao seu consumidor, nas redes sociais, um canal adicional, para que eles possam ter acesso a mais informações sobre o que você está promovendo. Isto pode ser feito por URL ou hiperlink

Caso o seu plano de marketing inclua a contratação de algum influencer (tal qual são chamadas as personalidades na internet que possuem números expressivos de seguidores), é necessário que esta pessoa disponibilize tal link.

No seus perfis de rede social, principalmente no Instagram, coloque à disposição um Linktree. Este é um serviço que agrupa todos links para os seus perfis nas redes sociais e sites em um único local. Desta forma, o consumidor terá acesso a você de forma facilitada.

Elabore uma Landing Page de pré-venda

Elaborar uma Landing Page, para a sua pré-venda pode ser uma ótima ferramenta para segmentar o seu nicho. Desse modo, poderá apresentar o seu produto e, ainda, recolher informações como idade e gênero dos interessados. 

Assim, conseguirá realizar campanhas de email marketing de forma muito mais eficiente. Por exemplo, pais que possuam crianças de 8 anos, do sexo feminino, não irão receber ofertas de produtos para meninos recém-nascidos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.